Da cicatriz ao rastro: parir para contar

Keywords: narratives, Birth stories, Scar, Ulysses, Cesarean section

Abstract

This paper dwells on the conditions of transmission of birth narratives. The authors explore the tracks left by the c-section scar guided by Jeanne Marie Gagnebin's, “O rastro e a cicatriz: metáforas da memória” [The track and the scar: metaphors of memory ] (2002). From the perspective of Walter Benjamin's theory of narrative, Gagnebin draws on the story of the scar of Ulysses to demonstrate a tradition perpetuated. We aim at drawing a parallel between the scar of Ulysses and the c-section scar in the light of birth stories, in which we find plenitude and trauma, loss and recovery of the ability to narrate.

Author Biographies

Luciana Carvalho Fonseca, Universidade de São Paulo

Professora doutora do Departamento de Letras Modernas da Universidade de São Paulo.

 

Sérgio Eduardo Carvalho Fonseca, Universidad de La República

Mestre em Filosofia pela Pontífica Universidade Católica de São Paulo (PUCSP) e pós-graduando em filosofia na Universidad de La República, Uruguai.

References

BENJAMIN, Walter. “O Narrador: considerações sobre a obra de Nikolai Lescov”. In Textos Escolhidos. Coleção Os Pensadores. Trad. Modesto Carone. São Paulo: Abril Cultural, 1963.

BRECHT, Bertolt.Poemas 1913-1956. Trad. Paulo Cesar Souza. São Paulo: Editora 34, 2000

FERRY, Luc. Aprender a viver. Trad. Vera Lúcia dos Reis. Objetiva, 2010.

FONSECA, Luciana Carvalho. Corpus BRABA - Corpus de Relatos de Parto de mulheres brasileiras, americanas, britânicas e australianas (Compilação). In: Eu não quero outra cesárea: ideologia, relações de poder e empoderamento feminino nos relatos de parto após cesarea. 2014. Doutorado (Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos e Literários em Inglês) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil.

FONSECA, Luciana Carvalho. Eu não quero outra cesárea: ideologia, relações de poder e empoderamento feminino nos relatos de parto após cesarea. São Paulo: Ema Livros, 2015.

GAGNEBIN, Jeanne Marie.“O rastro e a cicatriz: metáforas da memória”. Pro-Posições 13 (3): p.125-133, 2002.

GATTI, Lucianno Ferreira. Memória e Distanciamento na Teoria da Experiência de Walter Benjamin. 2002. Mestrado (Departameno de Filosofia) – Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, Brasil.

HOMERO. Odisseia. Trad. Antônio Pinto de Carvalho. São Paulo: Editora Nova Cultural, 2003.

ODENT, Michel. The Caesarean. London: Free Association Books, 2004.

RICHARDS, Lynn Baptisti, e et al. The Vaginal Birth After Cesarean Experience. Massachusetts: Bergin & Garvey Publishers, 1987.

Published
2021-06-08
How to Cite
Carvalho Fonseca, L., & Carvalho Fonseca, S. E. (2021). Da cicatriz ao rastro: parir para contar. MEDICA REVIEW. International Medical Humanities Review, 9(1), pp. 13-21. https://doi.org/10.37467/gka-revmedica.v9.2705
Section
Research articles